Guido, este vale é teu

(carnaval da Calouros do Samba – 1980)

 

Clique, abaixo, no PLAY (em verde) para tocar a música

 

Saudemos à memória

de nosso fundador,

hoje página da história,

como bravo colonizador.

 

Fugindo dos Tamoios,

da ira de Napoleão,

Coroados e Marliérè,

se encontraram

e construíram

esta cidade canção.

 

O primeiro arraial virou Sapé,                 |    Bis

Samba aqui a gente faz na ponta do pé. |

 

Abrindo picadas,

rasgando o sertão,

plantador de cidades,

homem de coragem.

Enfrentando ciladas,

emboscada no capão,

a Calouros do Samba,

presta homenagem,

ao nobre cidadão.

 

Guido, este vale é teu,

estas matas, este povo feliz,

esta é a terra que Deus prometeu

e do amor plantastes a raiz.

 

O primeiro arraial virou Sapé,                 |    Bis

Samba aqui a gente faz na ponta do pé. |